Cursar uma MBA ou se aprofundar em sua área de atuação por meio de um mestrado no exterior, por exemplo, pode ser algo muito benéfico para a vida profissional, mas escolher uma pós-graduação ou mestrado pode também se provar uma tarefa difícil.

Algo totalmente normal, afinal escolher o mestrado ou MBA é algo muito sério e que exige estratégia!

Afinal, quem não deseja se manter sempre atualizado e competitivo no mercado de trabalho?

Pensando nisso, nesse artigo iremos te passar algumas dicas do que fazer para escolher uma boa escola?

Por exemplo, é melhor EUA ou Europa?

Vamos lá?

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

  • MBA e Mestrado no Exterior – Entenda como escolher o melhor/Instituição
  • MBA e Mestrado no Exterior – Afinal, é melhor EUA ou Europa?
  • Conclusão

 

MBA e Mestrado no Exterior – Entenda como escolher o melhor/Instituição

Faça uma avaliação dos cursos

 O primeiro passo, após escolhido o caminho ideal, é a consulta ao Ministério da Educação.

Essa etapa é essencial para que você tome a melhor decisão.

E caso você ainda não saiba, a avaliação dos cursos de pós-graduação é realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

E as notas são distribuídas da seguinte forma:

Todos os cursos recebem notas de 1 a 7, sendo que de 1 a 2 são reprovados e notas 5, 6 e 7 indicam excelência.

Caso o programa tenha sido recomendado com boa nota, é passaporte para uma formação com qualidade e segurança.

Porém, cabe frisar que, caso a sua escolha tenha sido pelo lato sensu (especalizações e MBAs) não há uma avaliação oficial de cursos, apenas de instituições – no site do MEC é possível consultar se a escola eleita está cadastrada e habilitada.

Nesse caso, uma alternativa é a consulta a associações específicas, como a Assembleia da Anpad (Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração), que criou o Sistema de Acreditação Anpad (SAA) para avaliar a área de administração e negócios.

Outros órgãos de classe também costumam apresentar cursos recomendados, como é o caso da OABpara cursos de direito.

Análise qual é a relação do curso com o mercado de trabalho

 Depois que você já tiver o curso e Instituição em mente, o próximo passo é fazer uma avaliação minuciosa em campo.

E para isso será necessário analisar a escolha, levando em consideração a relação do curso com o mercado de trabalho, a adequação em relação à metodologia utilizada, a grade curricular e a qualidade do corpo docente.

Claro, nessa etapa você deve também aproveitar para analisar de forma minuciosa o Currículo Lattes dos professores da Instituição escolhida.

Essas informações você poderá encontrar de forma online, pois o currículo Lattes é uma plataforma disponível na internet com informações sobre a produção acadêmica e as linhas de trabalho dos professores e pesquisadores brasileiros.

Além das consultas, o recomendado na hora de escolher qual será a sua instituição de ensino é fazer visitas in loco e conversas.

Por isso, vá até o local e, se possível, assista a uma aula como aluno ouvinte. Isso vai te ajudar a conhecer as linhas de pesquisa e os professores.

Procure também dar uma olhada na infraestrutura da escola.

Nesse caso, conversar com alunos e ex-alunos para obter informações sobre o curso e a forma de aprendizado, também é uma etapa importante.

Além disso, não se esqueça de avaliar o preço do programa.

Porém, cuidado para não se deixar levar pelo bolso.

Isso porque alguns exigem um investimento mais alto, mas o custo-benefício muitas vezes vale a pena.

Por isso, faça as contas e calcule se a especialização trará o impacto e o impulso desejado na carreira.

Para finalizar, não deixe de analisar ainda as facilidades oferecidas, como localização, carga horária e flexibilidade nos horários de aulas.

 

MBA e Mestrado no Exterior - Afinal, é melhor EUA ou Europa?

Atualmente temos diversos países, especialmente na Europa, onde brasileiros podem, por exemplo, estudar de graça ou por preços muito acessíveis.

Nesse caso, quando o assunto é estudar fora do país, os destinos mais procurados pelos brasileiros são Canadá, Estados Unidos e Inglaterra, isso de acordo com a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Internacionais e Culturais (Belta).

E mesmo que os EUA estejam em primeiro lugar, o fato é que o “sonho americano” muitas vezes esbarra num ponto difícil de ser superado: o alto custo!

Nesse caso, a Europa acaba sendo uma opção tão interessante quanto os EUA ou, até melhor.

Por exemplo, há na Europa pelo menos 8 países em que é possível estudar de graça ou a preços bem menores, e o melhor: muitos dos programas são em inglês, mesmo essa não sendo a língua oficial de alguma dessas nações.

Por isso, ao escolher em quais países cursar o seu mestrado, não deixe de levar esses pontos em consideração.

 

Conclusão

E aí? O que achou do artigo?

Nesse artigo você encontrou as melhores dicas que irão te ajudar a escolher a melhor instituição para cursar o seu MBA ou Mestrado no Exterior.

E como você pode perceber durante a leitura desse artigo, escolher um MBA ou Mestrado no exterior não é uma tarefa fácil.

Porém, esses cursos irão te ajudar a se aprofundar em sua área de atuação e pode ser algo muito benéfico para a vida profissional.

E para ter mais sucesso durante o seu processo de escolha por qual faculdade ou curso, recomendamos o nosso Application Consulting.

A nossa assessoria em applications tem como objetivo guiar você em direção ao seu sonho.

Como você já sabe, as universidades e escolas de negócio internacionais buscam pessoas com talento e vontade de ter uma carreira de sucesso, assim como um perfil de candidato que tenho o maior potencial no futuro, pois assim a reputação da própria instituto vai ter um impacto positivo.

Nesse caso, através de uma avaliação detalhada do seu perfil profissional e de seus objetivos e sonhos, a nossa consultoria fornecerá informações importantes que irão auxiliá­-lo em questões como: quais B-­Schools se adequam melhor ao seu perfil e aos seus interesses, suas reais chances de ingresso nessas escolas e as possibilidades de Bolsa de Estudos.

Related posts