Tudo o que você precisa saber para entrar nesse time seleto

E aí? Sabe quanto ganha um profissional graduado na Alemanha e o quanto o mesmo ganharia no Brasil?

Considerado pela grande maioria dos profissionais como o país europeu mais forte e desenvolvido a nível econômico, a Alemanha tornou-se um destino muito procurado quando se pensa em emigração, seja para estudar, mas principalmente para trabalhar.

País liderado atualmente pela chanceler Angela Merkel, a Alemanha é composta por diversas cidades importantes – a capital Berlim a que tem mais destaque, mas também Frankfurt, Munique, Hamburgo, Dusseldorf e Colónia são igualmente fortes.

Por isso, se você está pensando em trabalhar na Alemanha, saiba que ótimas opções não faltam, principalmente para os profissionais graduados.

E para entender como está o mercado de trabalho da Alemanha e quanto ganha um profissional graduado no país, basta acompanhar a leitura desse artigo até o final.

Vamos lá?

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

  • Como está o mercado de trabalho na Alemanha
  • Quando ganha um profissional graduado na Alemanha
  • Salários na Alemanha
  • Entenda quais são as profissões mais procuradas na Alemanha
  • Conclusão

 

Como está o mercado de trabalho na Alemanha

De acordo com o portal “Make it in Germany” do governo federal para trabalhadores qualificados do exterior, há uma falta de especialistas: enfermeiros, cuidadores de idosos, bem como trabalhadores qualificados em engenharia de refrigeração.

As situações de escassez são ainda mais evidentes em áreas como a tecnologia de automação, assim como na enfermagem especializada.

Há também uma escassez de especialistas em profissões de TI, como desenvolvimento de software e programação, bem como nas áreas de saúde.

Entenda agora quanto ganha um profissional graduado na Alemanha

Quando ganha um profissional graduado na Alemanha

Salários na Alemanha

O salário mínimo na Alemanha corresponde a 1.584€ (valor dividido em 12 meses) segundo o Eurostat atualizado em fevereiro de 2020.

No entanto, cabe frisar que os salários nas áreas de demandas, ou seja, para profissionais especializados (com diploma de faculdades) são discutidos e calculados em acordos coletivos ou diretamente com as empresas.

Além disso, outro ponto importante e que deve ser considerado são as diferenças regionais para os salários (Leste-Oeste / Norte-Sul), visto os salários na Alemanha oriental, são mais baixos, uma vez que o custo de vida no geral nessa região é menor àqueles da parte ocidental do país:

Exemplos de salários, variando conforme a experiencia do profissional:

  • Desenvolvedor de software: 50% dos trabalhadores entre 3.500, – e 4.900, – € por mês
  • Engenheiro mecânico: 50% dos trabalhadores entre 3.400, – e 4.900, – € por mês
  • Engenheiro elétrico: 50% dos trabalhadores entre 3.900, – e 5.700, – € por mês
loading...

Entenda quais são as profissões mais procuradas na Alemanha

Engenheiros

Na nação industrializada alemã, os engenheiros são os que têm uma melhor perspectiva de carreira profissional e bons salários.

Nesse caso, para ser reconhecido como engenheiro ou engenheiro-assistente o profissional precisará ter uma formação profissional equivalente ao diploma alemão da área.

Nesse caso, devido ao crescimento do setor e a falta de tantos profissionais qualificados, empresas dos setores de eletricidade e de construção civil, de engenharia mecânica e construção de veículos buscam incansavelmente profissionais especializados.

Além disso, os profissionais que têm uma outra formação universitária têm também chances atualmente de mudar a sua especialização.

A digitalização que estamos passando acabou aumentando ainda mais essa demanda.

 

Médicos

Podemos dizer que nenhuma profissão goza de tanto prestígio na Alemanha como a de médico.

O profissional é remunerado com altos salários.

Nesse caso, os médicos formados no exterior recebem registro estatal como médico na Alemanha, se tiverem uma formação profissional equiparável à da Alemanha.

Infelizmente, há escassez de médicos nas áreas rurais e até mesmo nas clínicas há falta de profissionais.

Atualmente, trabalham na Alemanha cerca de 49.000 médicos estrangeiros – o dobro do que havia em 2013, por exemplo.

Cientista natural e técnico de informática

Na Alemanha temos também uma escassez de profissionais na área chamada de MINT – Matemática, Informática, Naturalismo (ciências naturais) e técnica.

Os graduados estrangeiros das áreas MINT podem comparar seu diploma universitário com as qualificações educacionais alemãs no Escritório Central para Formação Estrangeira (ZAB), por exemplo.

A escassez por profissionais na área envolve tanto a economia privada como os institutos estatais de pesquisa, tais como a Sociedade Max Planck e o Instituto Fraunhofer, que oferecem empregos interessantes a cientistas dessas áreas.

Todas as informações sobre trabalho na Alemanha são encontradas no portal Make-it-in-Germany.

Related posts