Como você provavelmente já sabe, trabalhar na Europa é o sonho de muitas pessoas em todo o mundo.

Podemos dizer que algumas das principais vantagens são: qualidade de vida (custo de vida mais justo), segurança, educação, facilidade de viajar, explorar novas culturas e idiomas, etc.

E para o profissional, ter a oportunidade de trabalhar em empresas multiculturais é também uma ótima opção para agregar valor ao currículo, desenvolver novas habilidades técnicas e pessoais.

Porém, antes de qualquer movimento individual, é preciso tomar as decisões certas, principalmente, porque o custo de vida em alguns países pode ser alto.

Se você realmente procura ter uma experiência profissional de sucesso fora do seu país de origem, será necessário seguir algumas dicas essenciais.

E se você quer conhecer quais são essas dicas essenciais para conseguir um trabalho e construir uma carreira de sucesso na Europa, basta acompanhar a leitura desse artigo até o final.

Vamos lá? 

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

  • Entenda porque trabalhar na Europa é uma ótima opção de carreira
  • Como conseguir um trabalho e uma carreira de sucesso na Europa

Conclusão

Entenda por que trabalhar na Europa é uma ótima opção de carreira

Trabalhar na Europa é hoje uma ótima opção de carreira na opinião de muitos profissionais.

Felizmente, hoje não é difícil encontrar, por exemplo, ofertas de vagas de trabalho com altos salários em diferentes plataformas e agências de empregos europeias.

Para que você possa entender melhor, profissionais com experiência podem alcançar anualmente valores salariais que giram em torno de 100 mil euros por ano.

Além disso, a Europa traz alguns benefícios para os profissionais vindo do Brasil.

Hoje os trabalhadores brasileiros compõem em grande parte o grupo de pessoas que buscam oportunidade de trabalho na Europa.

Tais profissionais são atraídos pelos melhores salários, qualidade de vida e uma economia mais forte.

A valorização desses profissionais tem aumentado cada vez mais nos últimos anos com a abertura de oportunidades em mercados de diferentes países, mas principalmente na Alemanha, Suécia e Noruega, onde há necessidade de mão de obra nos setores de engenharia, saúde e tecnologia.

 

Aqui cabe frisar que os profissionais como engenheiros de computação e sistemas, médicos, dentistas e engenheiros mecânicos são alguns dos mais bem pagos na Europa.

Na Europa há também uma grande demanda por enfermeiros em diferentes países, o que destaca a profissão no ranking das mais requisitadas.

Para esses profissionais, os salários médios variam dependendo do tempo de experiência e cargo que está sendo exercido, mas não é difícil que o ganho anual desses profissionais atinja três dígitos.

Claro, apesar de hoje a Europa disponibilizar muitas oportunidades de trabalho, conseguir uma vaga nem sempre é uma tarefa fácil.

Felizmente, com as dicas que serão passadas no próximo tópico desse artigo, o processo poderá se tornar muito mais fácil.

Confira agora:

 

Como conseguir um trabalho e uma carreira de sucesso na Europa

Se você realmente quer construir sua carreira no exterior, você pode já começar a buscar trabalho de onde você estiver.

Nesse caso, entender a necessidade do mercado europeu é um passo importante para quem sonha em ter uma experiência profissional fora do seu país de origem.

Você pode, por exemplo, já jogar no Google o trabalho que estiver buscando e enviar seu currículo a todas as posições que achar interessante.

Hoje você pode contar com inúmeras maneiras de contatar o seu recrutador antes de viajar.

O Linkedin, por exemplo, é uma rede social que tem funcionado bastante como recolocação profissional fora do país.

Claro, você pode também primeiro optar por fazer um curso de especialização no país desejado e chegando lá, buscar trabalho na área.

 

Muitas instituições oferecem bolsa de Estudo na Europa para estudantes.

A grande maioria delas é ofertada pelos próprios governos locais, que visam atrair novos talentos e pluralizar o convívio entre estrangeiros e nativos dentro das universidades.

Dessa forma, não é difícil participar do processo de application das instituições, bastando apenas preencher os pré-requisitos e enviar os documentos solicitados.

Nesse caso, a maior dificuldade, é claro, é enfrentar a concorrência (que não costuma ser pequena) e ser selecionado entre as diversas inscrições.

Além disso, todas as universidades pedem fluência em outro idioma, o que pode ser um problema se você não sabe falar inglês ou a língua local.

Nesse caso, em ambos os casos, tem que ter muita paciência, persistência e claro, um pouco de sorte!

 

Conclusão

E aí? O que achou do artigo? Gostou das dicas?

Neste artigo você pode conhecer quais são as principais dicas de como conseguir um trabalho e construir uma carreira de sucesso na Europa.

Para finalizar, cabe frisar que além da qualificação profissional, na Europa muitos empregadores buscam por um perfil mais flexível, empenhado no trabalho e amigável, características que geralmente acompanham muitos dos brasileiros que desbravam terras estrangeiras em busca de uma nova vida.

Ou seja, você já tem uma vantagem natural, por isso, aproveite isso!

E se você também procura por bolsas de estudo na Europa, saiba que por causa da qualidade do sistema educacional e das instituições de ensino – que estão entre as melhores do mundo – além da oportunidade de aprender outro idioma e de conviver com uma cultura diferente, estudar na Europa é uma grande oportunidade.

Com um mercado de trabalho cada vez mais desenvolvido e disputado, cursar os melhores MBAs e Masters in Business se torna um diferencial no seu currículo e tal iniciativa pode alavancar suas oportunidades de emprego e salário.

Porém, não podemos esquecer que fazer um curso no velho continente é caro, e isso torna o sonho mais limitado.

Felizmente, há bolsa de estudo na Europa, concedida por mérito ou por quem não tem condições de arcar com as despesas.

 

Related posts